Alta Via 2

Dolomitas
Dolomitas

Demora-se umas 10 jornada em completá-la com mas de 150 km e um desnivel acumulado total a mais de 20.000 metro. Os Dolomitas estão cruzados por diferentes Altas Vias, o número 2 é uma das mais populares por sua dificuldade e beleza. As Altas Vias são o equivalente aos GR em Espanha.

Os Dolomitas são uma corrente montanhosa de Itália que pertence pelo 80% à província de Belluno. Os Dolomitas foram declarados como Património da Humanidade pela UNESCO no ano 2009, abarcando uma zona de protecção de 135.910,9370 tem e uma zona de respeito de 98.511,9340 tem.

A região dos Dolomitas, que faz parte dos Alpes Orientais, se estende sobre uma vasta zona que vai desde o Val Sugana a Val Pusteria e desde o vale do Adige ao Vale do Piave; ocupa o território de três províncias (Trento, Bolzano e Belluno) a cavalo entre o Trentino-Alto Adigio e o Véneto.

Os Dolomitas são muito diferentes do resto dos Alpes; seu aspecto está caracterizado por amplísimos vales cobertos de bosques e prado desde os que se alçam, se recortando verticalmente por centena de metros, os numerosos e isolados maciços montanhosos. Estes últimos estão formados em sua maior parte por uma rocha caliza de origem marinho telefonema dolomía.

Nesta região o idioma mais falado é o idioma ladino, uma língua retorromance que se desenvolveu devido ao isolamento dos vales montanhosos, ainda que também se fala italiano e há uma minoria alemão.

O ponto de início deste treck situa-se na estação superior do telecabina de San Andrea, denominado Valcroce.

San Andrea está situado no município de Bresanone que se situa a poucos quilómetros da turística cidade de Bolzano. A melhor maneira de chegar a Bolzano é via Milão mediante qualquer da multidão de comboios que unem estes dois pontos.

Pode-se passar a noite em Bolzano, Bresanone ou inclusive San Andrea dantes de começar esta rota. Qualquer das três cidades apresenta uma boa oferta de alojamentos. Por suposto muito mas ampla em Bolzano.

Até Bresanone podemos chegar em comboio. Desde aqui há que tomar um autocarro que levar-nos-á em uns 20 minuto ao telecabina. Estes autocarros saem da mesma estação de comboio de Bresanone. Quando o fizemos nós, em 2011, o autocarro era o 321 e a frequência de passagem era de um a cada hora (concretamente às e 20 da cada hora, dado de 2011).

Agosto 2011
lugar
Lugar
Núm. de estapas
Dia
Longitud
Longitude
Desnivel Positivo
Desnivel Desnivel Positivo
Desnivel Negativo
Desnivel Desnivel Negativo
Dificultad
Dificuldade
Tipo de ruta
Tipo rota
Itália 10 160 Km. 9251 m. 11337 m. Alta Recorrido Solo de Ida
Agosto 2011
lugar
Lugar
Núm. de estapas
Dia
Longitud
Longitude
Itália 10 160 Km.
Desnivel Positivo
Desnivel Desnivel Positivo
Desnivel Negativo
Desnivel Desnivel Negativo
Dificultad
Dificuldade
Tipo de ruta
Tipo rota
9251 m. 11337 m. Alta Recorrido Solo de Ida