Parque Nacional de Bunaken

Parque Nacional de Bunaken
Parque Nacional de Bunaken
Bunaken – Galería Fotográfica

As distâncias não são muito longas, e com o barco de mergulho podes ir desde qualquer Centro de Mergulho aos lugares  onde se realizam as imersões, que são muitíssimas.

O Parque Nacional de Bunaken este situado ao Norte de Sulawesi (Indonésia). A cidade de Manado é o ponto de partida para descobrir seus surpreendentes arrecifes de coral. Este localizado a umas 7 milha do porto de Manado. As ilhas que conformam o Parque, entre outras, as mais destacadas são: “Manado Tua” (Vulcão de Manado), “Palau Silaben”, “Palau Bunaken”, “Palau Mantehage”, i as ilhas de “Gangka”, mais ao Norte.

Para viajar a Sulawesi Norte o melhor é voar com Singapura Airlines, até Singapura, e depois enlaçar com um voo interior a Manado.

Uma vez ali optamos por ir ao Centro de Mergulho Thalasa,  cuja informação podeis encontrar em seu Site: http://thalassa.net. Este localizado dentro das dependências do Hotel Santita, a uns 18 km. de Manado. É importante saber que a cada complexo turístico tem um centro de mergulho.

Outra opção é ir a um” homestay”, como uma espécie de pensão, e por outro lado ir a um centro de mergulho para fazer só as imersões.

A instalação de de Thalassa, correspondem a um centro de mergulho PADI de  5 estrela, e tanto as equipas de aluguer, como os instrutores ou guia, bem como o staff, e a direcção, conformam um magnifico equipa, sempre disposto tem te fazer a vida mas agradável e ajudar em qualquer problema, seguindo o espírito de sua fundadora Simone.

No Norte de Sulawesi existe uma associação de centros de mergulho que nos facilitam as coisas no caso de problemas, e é importante ir a um de seus centros associados para fazer as imersões, nos assegurando uma qualidade e segurança necessárias para mergulha com tranquilidade.

No mesmo Manado esta o “Hospital Malalayang Rumanh Sakit” (Darurat), onde têm uma Câmara Hiperbática de descompresión, e uma equipa medico muito competente. É bom saber esta informação, ainda que só seja por segurança.

Desde o Dive Center  Thalassa Manado fizemos as seguintes imersões:

Desde Manado:

  • Engine Point.
  • Machikto Point
  • Black Rock
  • Tiwoho Point

Na Ilha de Palau Bunaken:

  • Fukui
  • Lekuan I

Na Ilha de Mantenhague:

  • Barracuda Point

Na Ilha de Manado Tua:

  • Tanjung Kopi

Em  a Ilha de Bangka (estas ilhas são as a mais ao Norte, espectacular biodiversidade, mas com umas correntes tremendas):

  • Batu Gosok
  • Sahaung Point

As profundidades oscilaram entre os 20m. e 27 metro, com um tempo mínimo de 33 minuto em profundidade, a um máximo de 61 minuto ao todo. O verdadeiro é que aqui apressam muito o tempo na água. De facto entras com 200 bar, e até que não te ficam 20 bar não te fazem subir, quando em Cataluña com 50 bar, já toca subir a superfície. Os 20 bares são suficientes para fazer as paradas de descompresión e inflar o chaleco, uma vez em superfície, agora bem, se não surge nenhum outro problema.

Normalmente fazes duas imersões por dia, i a equipa do centro de mergulho organiza-to tudo. Os preços podem-se consultar em seu Site.

As águas do Parque Nacional de Bunaken são  muito profundas,  1566 m. de profundidade na baía de Manado, com uma visibilidade excelente, de 35 a 40m.,  com uma temperatura muito agradável de 27 a 20 grau, e um dos lugares do mundo com os mas altos níveis de biodiversidade. Isto é tem-o tudo, para poder desfrutar do submarinismo.

Ao redor em media hora, desde Manado, chegas a Bunaken, a ilha que é um verdadeiro paraíso para os amantes de mergulho e dos snorkelers. O arrecife de coral enfrente de Bunaken é particularmente formoso. A queda das paredes não só são as mas raras do mundo, senão as mas espectaculares, com gruta, barranco e caverna que albergam uma enorme riqueza marinha.

A maior parte da região consiste na praia dos bosques de manglares, e de areia branca, e os arrecifes de coral, parede de rocha escarpada com múltiplas formas e cor do mar natural. Ao redor deles a vida marinha é uma explosão, com todo o tipo de peixes, bandada de peixes pequenos de mil cores, indescriptible.

Todo o tipo de peixes: peixe Mandarín, peixe Napoleón, Listra, peixe Leon, peixe Rocha, Barracudas, Escorporas, peixe Pedra, Pipa, , peixe Loro, Donzela, peixe Cofre, peixe Ángel, peixe Borboleta, Lábios Azuis, em fim, tortugas gigantes, e tambien tiburones, que não vimos, e delfines, que se vimos desde o barco…, e todo o tipo de vida diferente, como os Nudibranquios de mil cores, estrela de mar de todas as cores e forma, Esponjas imensas, tamanho plantas gigantes, todo o tipo de colares duros, macios e semiduros, de cores exigentes, fortes, intensos, cheios de pescaditos em seu interior, se alimentando deles, Langostas, Anémonas, Ascidianos, …..Em fim, uma biodiversidade sem limites, e tua ali simulando ser um peixe felizmente expectante, anonadado, entre tanta beleza.

Desde Thalassa, passando por Manado, transladamos-nos com barco publico do porto de Manado a Siladen. A primeira intenção era ir a Palau Bunaken, mas parecia demasiado turístico e optamos pela pequena ilha de Silaben, que esta rodeada de praia branca, se pode dar a volta em uma hora, andando, depois tens a praia, o início do arrecife, e a parede que se precipita o abismo. Na ilha só vivem 260 pessoa, e só há dois complexos turísticos de Mergulho, demasiado caros, e dois homestay muito singelos. Pouco que escolher. Nós estivemos no hosmetay de uns lugareños chamado MARTA’S, quiçá demasiado singelo, mas com umas vistas impagables de Manado Tua, e a posta de sol. As  cabañas estão situadas justo na praia, embaixo de umas árvores imensas, com grandes folhas, que te arropan com sua sombra.

A maré sobe e baixo, o melhor para fazer snorkel é às 8h. da manhã.

As imersões fazer com o centro de Mergulho do Hotel Siladen Spa. Deste centro há que dizer que este dirigido por Mario, um master diver, argentino, que nos facilita as coisas ao falar nossa mesma língua, o resto da equipa é muito profissional, destacando o instrutor PARMA, com o qual fizemos o curso Avançado de PADI.

Aqui as imersões também foram fantásticas.

Na Ilha de Palau Bunaken:

  • Lekuan I
  • Lekuan III
  • Mandolin Point

Na Ilha de Siladen:

  • Silaben Selatan
  • Silaben Timur

Na Ilha de Manado Tua:

  • Tanjung Kopi
  • Manado Tuo Buolo

As profundidades oscilaram entre os 20m. e 37 metro, com um tempo mínimo de 33 minuto em profundidade, a um màximo de 60 minuto ao todo.

Ao ser uma Ilha no meio do Parque, as imersões eram mais sustanciosas, ou ao menos essa foi nossa impressão. Fizemos uma imersão nocturna, espectacular, sobretudo porque vimos os jardins de gorgóneas dos corais duros, que só saem de noite, e de dia não se podem ver.

As montanhas do fundo de mar são tão sublimes como as montanhas de nosso precioso planeta na superfície, com a diferença que tu mudas teu meio de existência, por outro no que voas à velocidade da acalma, suspendido no abismo do azul intenso de um mar embriagador.

Agora três recomendações:

  • Sempre fazer o curso PADI, se formar é imprescindible.
  • Sempre ir com a guia da zona, e nunca despistarse do grupo.
  • Sempre, se parar, pensar e actuar, segundo as normas Padi, e meu querido instrutor Oliver, de http://vanasdive.com/.